Dizer adeus - Dienislândia

Dizer adeus

domingo, fevereiro 21, 2016

Dizer adeus

O pior de um adeus é não ser um adeus digno. Todos os dias acordava na ânsia de te rever, até que um dia você simplesmente desapareceu da minha ou melhor dizendo da nossa vida. Será que era amor? Por que quem ama não abandona. Ou será que era medo? Por que dizem que os homens têm medo de admitir. Não sei... Ops! Eu tenho uma teoria: Para não nos magoarmos você preferiu dizer um adeus egoísta, até compreendo o seu ponto de vista. Entretanto... Eu sinto a sua falta.

Existem situações que são necessárias, a vida é assim. Promessas são quebradas, corações são partidos, beijos se tornam incompreendidos, tudo muda e fica incompreensível. Porém, o nosso amor ficará guardado infinitamente. Confesso! Nessas horas me alegro sozinha, quer saber por quê? Por que o sempre prevalecerá.

Que a verdade seja dita e entendida, nós nunca saberemos o significado do adeus ou sabemos e preferimos ocultar. Por que a bagunça e os sinais estão ali, só precisamos nos libertar e deixarmos o inevitável acontecer. Por isso compreendo a sua decisão. 

Temos que fazer escolhas o todo tempo, você fez a sua. Já eu apenas me conformei, isso me rendeu cinco crônicas, uma playlist e um monte de aprendizado. Te dizer adeus não é fácil, mas é obrigatório.

You became my most beautiful chaos.

Você Poderá Gostar

0 comentários

Facebook

Twitter